Você sabia que...
duvidas
dicas-cuidados

home-copec

Notícias

Inverno chega e as crianças já começam a sentir o seu efeito

Inverno chega e as crianças já começam a sentir o seu efeito

O tratamento de todas as doenças do que chegam com o frio deve sempre ser feito pelo médico, que orientará o uso adequado de ....

Respiração bucal e perda auditiva na infância: ambos de alta incidência, porém desconhecidos

Respiração bucal e perda auditiva na infância: ambos de alta incidência, porém desconhecidos

Londrina foi sede de uma jornada sobreos dois temas, com a participação da equipe da Copec.

Deficiência auditiva e surdez é tema de curso proferido pela fonoaudióloga Simone Bley

Deficiência auditiva e surdez é tema de curso proferido pela fonoaudióloga Simone Bley

Evento tem por objetivo ensinar professores e pedagogos a identificarem precocemente problemas auditivos

Ação social da Copec repercute nos principais jornais do Paraná

Ação social da Copec repercute nos principais jornais do Paraná

Em entrevista, Dr. Lauro diz que o apoio da imprensa é fundamental para vencer a desinformação

Mais de 20% das crianças curitibanas têm perda auditiva

Mais de 20% das crianças curitibanas têm perda auditiva

Campanha quer provar que exame simples pode garantir a integridade auditiva e assegurar o bom aprendizado.


phonak

Área Médica

Soluções Salinas Nasais - Isotônicas ou Hipertônicas?

Soluções Salinas Nasais - Isotônicas ou Hipertônicas?

Tema foi abordado em palestra pelo Dr. Rodrigo....


Você sabia

Outros - Paralisia

Paralisia cerebral e crianças com alteração neurológica

Crianças com alterações neurológicas usualmente causadas por hipóxia perinatal, processos infecciosos como meningites ou mal-formações genéticas sindrômicas ou não sindrômicas, tendem a ter necessidade de avaliação otorrinolaringológica em ouvido, nariz e garganta.

Ouvidos

Todos os pacientes devem ser submetidos a avaliação de ouvidos e audição periodicamente pois possuem usualmente fatores predisponentes para perda auditiva e, por terem flacidez de musculatura de garganta, terão dificuldade de ventilação de ouvidos através da tuba auditiva. Esta dificuldade nos leva ao acúmulo de secreção em orelhas médias e perda temporária da audição.

Obstrução Respiratória

Os casos de obstrução respiratória em crianças com paralisia cerebral podem ter origem em diversas estruturas da via aérea. Sua melhor forma de avaliação é a nasofibrolaringoscopia, exame realizado através da passagem de fibra ótica flexível através das fossas nasais para avaliação em vídeo das estruturas do ponto de vista morfológico e funcional. Devem ser observadas as seguintes possibilidades:

Hipetrofias de cornetos nasais potencialmente causadas por rinites;

Desvios septais causados por uso prolongado de sondas nasais;

Estenoses (estreitamentos) de fossas nasais causadas por uso prolongado de sondas nasais;

Hipertrofia de adenóide e tonsilas palatinas: o aumento de tonsilas palatinas (amígdalas) e adenóide podem ter maior interferência em pacientes com alterações neurológicas devido a flacidez do palato (céu da boca), que pode colabar com a respiração;

Colabamento de via aérea alta por flacidez muscular ou retroposicionamento de base da língua e recobrimento das estruturas da laringe.

linha

doencas-em-orl-pediatrica
dicas-de-orl-para-os-pais
avaliacao-audiologica-infantil
terapia-fonoaudiologica
processamento-auditivo
protese-auditiva avaliacao-otoneurologica botao-ultimo-ove3
otorrinopedriatria musicoterapia psicopedagogia

linha

Os textos e imagens contidos neste site possuem caráter exclusivamente informativo, não devendo ser utilizados para fins de diagnóstico ou tratamento. O diagnóstico e tratamento de qualquer situação clínica é de responsabilidade do profissional de saúde orientador para o caso. A instituição responsável pelo site, bem como seus profissionais, não se responsabilizam por condutas clínicas baseadas somente em informações contidas neste instrumento de comunicação.