Processamento Auditivo

Processamento auditivo é como o sistema auditivo recebe, analisa e organiza tudo aquilo que ouvimos. Podemos dizer resumidamente, que é “o que fazemos com o que ouvimos”. O som percorre um longo caminho, desde que entra na orelha até chegar no cérebro. Para que este caminho seja percorrido sem problemas, dependemos de um conjunto de habilidades específicas, que interpretam os estímulos sonoros. As habilidades são: Localização, Atenção, Discriminação, Associação, Integração e Organização de saída.

A localização é a habilidade de identificar o local de origem do som.

A atenção é a habilidade em focar determinado som em meio a outros sons competitivos (auditivos ou visuais).

A discriminação é a habilidade de distinguir as características dos sons. Detectar intensidade, freqüência, e tempo de duração do som.

A associação é a habilidade de associar o estímulo sonoro à outras informações já armazenadas. Habilidade de receber fragmentos de informação auditiva, analisar, unir e dá-los significado próprio.

A integração é a habilidade de unir informações auditivas com outras informações sensoriais, tais como: olfato, tato e visão.

A organização de saída é a habilidade de organizar, seqüencializar, para planejar e emitir resposta.
Quando existe uma dificuldade em alguma destas habilidades, podemos dizer que o indivíduo apresenta uma falha do processamento auditivo.

As causas da falha do processamento auditivo podem ser hereditárias, atraso de maturação dos sistema auditivo central, alterações neurológicas e otite média de repetição.

Os indivíduos com falha do processamento auditivo podem apresentar uma ou mais das seguintes características:

Audição normal (Audiometria tonal normal);
Comporta-se como se tivesse perda auditiva;
Pede para repetir o que foi falado com freqüência;
Desatento, distrai-se com facilidade;
Agitado, hiperativo;
Muito quieto;
Atraso no desenvolvimento da linguagem oral;
Dificuldade de escutar em ambiente ruidoso;
Dificuldade de seguir ordens longas e complexas;
Dificuldade para entender regras;
Atenção ao som prejudicada;
Dificuldade para localizar o som;
Dificuldade em entender palavras com duplo sentido;
Dificuldade em entender piadas, ironia ou sarcasmo;
Dificuldade em compreender o que lê;
Problemas de escrita, inversões de letras, orientação esquerda/direita;
Desempenho escolar ruim;
Tendência ao isolamento (sentem-se frustradas quando falham na escola ou em casa).


Obs:
O transtorno do déficit de atenção e hiperatividade também podem apresentar algumas das características acima. Sendo assim, é necessária a realização de testes específicos para um diagnóstico diferencial. Uma vez constatado a existência de falha do processamento auditivo, poderemos determinar a habilidade prejudicada, proporcionando assim, uma intervenção da equipe multidisciplinar mais precisa. (fonoaudiólogo, otorrinolaringologista, neurologista, psicopedagogo, professor, psicólogo e outros profissionais).

A terapia Fonoaudiológica é muitas vezes necessária, para que a habilidade prejudicada seja trabalhada com estratégias específicas e compensatórias. Porém, existem estratégias gerais que podem ser utilizadas em casa e em sala de aula:

alt Antes de começar a falar, chame-o pelo nome, olhe ou toque a criança e garanta que ela está olhando para você;
alt Fale alto, pausadamente, articulando bem as palavras e utilizando frases curtas;
alt Certifique-se que a criança sabe sobre o que está sendo falado, fornecendo pistas contextuais para facilitar a compreensão;
alt Adicione informações à fala da criança para que ela possa aprender novas palavras;
alt Não é recomendado que a criança estude com a televisão ou rádio ligados, ou qualquer outro ruído que possa interferir na atenção da criança;
alt Posicione a criança próxima ao professor, longe de janelas e portas;
alt Facilite o aprendizado da criança, utilizando apoio visual.

As orientações acima são básicas, portanto, é importante lembrar que está sendo recomendado que a criança tenha um acompanhamento fonoaudiológico, para que a falha do processamento auditivo seja compensada através de trabalhos específicos.

alt