Avaliação Otoneurológica

A Eletronistagmografia (ENG) e a Vectoeletronistagmografia (VENG) são testes que avaliam a função vestibular através da observação dos movimentos oculares.

                                        Eletronistagmografia                                                                 Vectoeletronistagmografia

Confirmar ou não a afecção vestibular.
Evidenciar o labirinto lesado.
Diagnosticar e diferenciar as alterações periféricas e centrais.
Determinar o tipo de lesão vestibular irritativa ou deficitária.
Contribuir na identificação do agente etiológico.
Acompanhar a evolução do tratamento.
Estabelecer um prognóstico.
Monitorar a evolução do paciente.
Determinar o fim do tratamento.

otite1 (2)

A Avaliação Otoneurológica é indicada quando o paciente apresenta:

Tonturas,
Desequilíbrio,
Zumbido,
Perda auditiva Neurossensorial,
Desvios à marcha,
Cinetose,
Quedas,
Enjôos sem causa aparente,
Queixas de mau rendimento escolar,
Distúrbios da linguagem escrita falada,
Retardo no desenvolvimento motor.

protese-auditiva

A tontura é um sinal clínico extremamente freqüente. Na maioria das vezes se origina de uma disfunção do sistema vestibular e se caracteriza como uma percepção errônea de movimento, sensação de desorientação espacial, desequilíbrio ou distúrbio visual (oscilopsia), sendo acompanhada de sintomas neurovegetativos como: náuseas, vômitos, sudorese, palidez e taquicardia.

Quando a tontura é rotatória, é chamada de vertigem. Na vertigem subjetiva o indivíduo sente que está rodando e na vertigem objetiva o indivíduo sente que os objetos ao seu redor. A tontura não rotatória é caracterizada por uma sensação de instabilidade, flutuação, oscilação.

otite (1)